>

13 de nov de 2017

| Resenha | Os Paradigmas De Amy - Alexia Road

Editora: Pandorga. 
N° de páginas: 96. 

Sinopse:Uma mulher dentre milhares. Uma mulher que não foi a primeira e nem será a última. Uma mulher que faz parte de uma porcentagem assustadora. Amy Bennet vive em uma cidade parada no tempo, onde os homens são postos em um pedestal. Aos 18 anos, ela se casou com o herdeiro mais poderoso da cidade, Mark. E, com essa convivência, ela descobriu o melhor e o pior lado do amor. Amy está condenada a momentos de dor, sofrimento e angústia. E é obrigada a mostrar para sociedade e, que tudo está perfeito, quando, na verdade, seu maior desejo há anos é ser livre. Ela não tem para onde correr, o que fazer e mal sabe o que sentir. Essa história nada mais é do que uma mulher e o quanto ela se descobriu ao perceber a força que tinha guardada dentro de si mesma.



Amy é uma jovem que vive em uma pequena cidade no Kansas, uma cidade aonde o machismo vive e reina entre as famílias, Amy está namorando a pouco tempo com Mark herdeiro de uma família muito rica. Com problemas financeiros, o pai de Amy vendo através de um relacionamento tão recente uma maneira de sair das dívidas, com isso Amy é obrigada a se casar com seu primeiro namorado. 

" Todo mundo passa por momentos de desespero na vida. Eu mesma já havia experimentado várias situações desesperadoras e consegui superá-las. Porém, não dessa vez. Eu não estava desesperada, nem confusa. Estava perdida." 

Um casamento cheio de agressões e humilhação Amy tem seu amado filho Tomas, um menino que mesmo com pouca idade tem maturidade e proteção com a mãe, que mesmo tão novo já tentou e lutou para poder agradar o pai. FORTE e CORAJOSA é uma das poucas palavras para definir Amy, que fez e faz de tudo para salvar e manter sua família. 

" Tomas não parecia uma criança de cinco anos comum. Ele sempre se esforçou mais que os outro para que, assim, esperançosamente, ganhasse a aprovação do pai. " 

Tomas em uma tarde no parque acaba sofrendo um pequeno acidente, porém atrais desse acidente Amy conhecerá o carinho, companheirismo e o melhor ela viverá um amor. 
Paradigmas de Amy é um livro que aborda um tema forte e sem romantismo! Um livro que devia ser obrigatório não só para mulheres a ter coragem e reconhecer que estamos vivendo em um século aonde respeito é obrigatório, e também para os homens. 

Agressão Doméstica foi e é algo presente na sociedade, e com esse livro eu pude me surpreende não só com a coragem que Amy possui mais também a forma que a Autora aborda o tema, uma personagem que sofreu agressões por anos, e mesmo assim foi a luta, lutou e conseguiu, porém sempre terá em mente seu passado. 

" A felicidade é para aqueles que a querem, os que têm força de vontade suficiente para conseguir. Os que seguem o coração e sabem a hora de quebrar os próprios paradigmas. Aqueles que fazem acontecer. " 




Com uma capa linda e uma diagramação perfeita, os paradigmas de Amy contêm poucas folhas, porém não deixa a história corrida, como muitos livros deixando a leitura cansativa, no entanto transmite em poucas folhas o que é necessário sem mais nem menos.  

Uma leitura não leve haha porém fluida e simples, impossível começar e não parar, como o livro já começa mostrando a fragilidade e desespero de Amy, o anseio pelo final eminentemente. 
Com personagens bem construídos e desenvolvidos a autora permite ao leitor se transporta ao momento de cada cena e torce por Amy, Tomas e Mattew — ele irá mostra o quão bom é amar—. 

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo